Quanto custa um aquecedor solar? Descubra aqui!

Se você está construindo uma casa, provavelmente já pensou na possibilidade de instalar um aquecedor solar. Energia mais barata, renovável e sustentável — tudo isso é possível com esse tipo de sistema. Mas, quanto custa um aquecedor solar? Será que os benefícios compensam o investimento?

Embora a instalação seja mais cara que a de chuveiros elétricos, por exemplo, o que muita gente não imagina é que os preços exorbitantes ficaram no passado e, hoje em dia, é possível ter um aquecedor solar com um investimento bem mais acessível.

Mas, antes de saber o custo de um aquecedor solar, é importante conhecer um pouco sobre as outras opções para aquecimento de água disponíveis e descobrir os principais benefícios de optar por um sistema de aquecimento mais moderno e sustentável.

Interessou? Acompanhe este post até o final!

Conheça os tipos de sistemas de aquecimento de água

Antes de falarmos sobre o aquecedor solar, é importante conhecer quais são as opções que existem para o aquecimento de água em uma residência. Os sistemas de aquecimento se diferenciam uns dos outros pelos custos de instalação, de manutenção e de operação. Além disso, a sustentabilidade de cada solução é um fator cada vez mais importante para as construções. Confira as principais características dos tipos de sistema de aquecimento.

Aquecedor elétrico

É o sistema mais comum nos imóveis brasileiros. Podem ser instalados chuveiros elétricos para aquecer apenas a água do banho ou um sistema de boiler elétrico — um reservatório em que uma quantidade maior de água é aquecida e distribuída também para torneiras e banheiras.

É importante lembrar que os chuveiros elétricos são sim baratos e simples de instalar, mas as vantagens param por aí, já que estão entre os aparelhos que mais gastam energia. Dependendo da potência utilizada, eles podem ser responsáveis por até 40% do consumo elétrico de uma residência. Por esse motivo, acabam sendo a opção mais cara.

Aquecedor a gás

O aquecedor a gás possui um queimador parecido com o do fogão e todo o sistema é controlado por sensores. Ele pode ser de dois tipos:

  • aquecedor de passagem: a chama é acesa apenas quando uma torneira é aberta. O consumo de água é mais alto porque o usuário precisa esperar alguns segundos ou minutos até que a água aquecida chegue à torneira ou ao chuveiro;

  • aquecedor por acumulação: a água é aquecida constantemente (com controle de temperatura via termostato), e mantida em um reservatório. O consumo de água é menor, mas o gasto de gás, maior.

O custo de instalação do sistema a gás é mais alto que do aquecimento elétrico e mais baixo que do aquecedor solar. Durante a operação, o modelo a gás é mais vantajoso que o elétrico, mas ainda não chega a ser econômico como o solar. É recomendável que a manutenção do sistema seja feita a cada seis meses.

Aquecedor solar

O aquecedor solar combina com construções sustentáveis. Como o próprio nome indica, esse sistema utiliza o calor do sol para aquecer a água. Você pode se perguntar: mas e durante a noite, a casa fica sem abastecimento de água quente? Não! Isso porque o sistema conta com um reservatório térmico, que mantém o líquido aquecido estocado para usos durante períodos em que não há calor solar.

Se comparado aos sistemas elétrico e a gás, o modelo solar tem maior custo inicial. No entanto, esse é o único sistema que permite que todo o investimento seja recuperado. Os custos de operação e de manutenção são praticamente nulos e a economia na conta de energia garante o retorno do valor investido.

Vamos conhecer melhor esse sistema?

Entenda melhor sobre o aquecedor solar

O sistema de aquecimento solar é composto por, basicamente, três componentes: os coletores solares (placas que captarão a energia solar), um reservatório térmico e um sistema auxiliar de aquecimento, responsável por garantir a água quente, mesmo em longos períodos nublados ou chuvosos.

Placas coletoras

Coletor solar Kisoltec
Coletor solar Kisoltec

As placas coletoras ou coletores solares são parte fundamental do sistema de aquecimento solar. Dentro do coletor solar, existe uma serpentina, que, normalmente, é fabricada em inox ou em cobre. A primeira é mais usada em lugares frios, já que impede o rompimento em caso de congelamento, especialmente quando há ocorrência de geada.

A água passa pela serpentina várias vezes, até que seja completamente aquecida. Esta serpentina é mantida dentro de uma caixa, que normalmente é de alumínio e coberta com vidro. A estrutura da caixa é isolada termicamente, visando diminuir a perda de temperatura para o ambiente externo. Os materiais de isolamento mais comuns são lã de pet, lã de vidro, lã de rocha e poliuretano expandido.

Quando são necessários mais de um coletor solar em um sistema de aquecimento, estes podem ser instalados em série ou em paralelo. Para que o sistema entregue o seu melhor, este arranjo deve ser muito bem projetado. Normalmente, em residências, os coletores solares são instalados em série, ou seja, todos eles são interligados em uma única bateria de coletores.

Uma observação importante é que, desde dezembro de 2017, todos os coletores solares fabricados e vendidos no Brasil devem possuir certificação. Para verificar os coletores solares certificados, acesse a tabela do Inmetro sobre coletores solares. Ali, é possível comparar a eficiência energética de cada produto, ou seja, o quanto de energia ele consegue gerar.

Powered by Rock Convert

Os coletores solares que aquecem água para banho são classificados de acordo com a tabela abaixo. Os coletores com classificação A devem gerar, no mínimo, 80,3 kWh/mês por m².

Classe Produção Específica
Mensal (kWh/mês.m2)
A80,3 < PMEe
B
73,3 < PMEe ≤ 80,3
C
66,3 < PMEe ≤ 73,3
D
59,3 < PMEe ≤ 66,3
E
52,3 < PMEe ≤ 59,3

Boiler solar

Reservatório térmico Kisoltec
Reservatório térmico Kisoltec

O reservatório de água quente também é conhecido como boiler solar e, como o nome indica, é o local onde a água aquecida que vem dos coletores solares fica armazenada para consumo. Por ser térmico, garante que a água que é aquecida durante o dia esteja disponível para consumo à noite, sem perda significativa de temperatura.

O boiler suporta altas temperaturas e, geralmente, a água em seu interior chega aos 80°C, além de ser encontrado em diversos tamanhos, com capacidade de até 5 mil litros. Os reservatórios para uso residencial possuem de 200 a 1000 litros. Já os modelos acima de 1000 litros são usados em instalações comerciais, como hotéis, motéis ou em prédios multifamiliares.

Os modelos mais comuns de reservatórios térmicos são compostos por um tanque interno de aço inox, uma camada de isolamento térmico e um revestimento externo. O tipo de aço inox do tanque interno é muito importante, podendo ser em aço inox 304 ou 316. A liga 316 é mais indicada para água de poço artesiano ou água sem tratamento.

O isolamento térmico mais utilizado é o poliuretano expandido, porém, até pouco tempo atrás, ainda era comum o uso de lã de vidro ou, até mesmo, isopor. O revestimento externo é utilizado para proteger a camada de isolamento térmico e garantir, assim, uma maior vida útil ao reservatório. O revestimento mais comum é alumínio.

Assim como os coletores, todos os reservatórios fabricados e vendidos no Brasil devem possuir a certificação. Para verificar os reservatórios certificados, acesse a tabela do Inmetro sobre reservatórios térmicos. Basta procurar pelo fornecedor e verificar se o modelo ofertado possui a certificação.

Para comparar a eficiência de um reservatório, utilize os valores indicados na coluna “Perda Específica de Energia Mensal (Kwh/mês/l)”. Este valor indica o quanto de energia o reservatório perderá: quanto menor for essa perda, por mais tempo ele conseguirá manter a água aquecida. Por exemplo, se temos um reservatório de 500 litros que a perda é de 0,18 e outro que a perda é 0,14, o segundo será 28% mais eficiente.

Sistema Auxiliar de Aquecimento

Como você viu, os aquecedores solares usam a irradiação do sol para converter o calor em energia. No entanto, nos dias em que o sol fica escondido, pode não haver captação de calor suficiente para o seu funcionamento. Os dias nublados são piores para o aquecedor solar do que o período de inverno.

Aí entra o sistema auxiliar de aquecimento — ele fará o papel dos coletores solares e aquecer a água do consumo. Conheça os sistemas auxiliares mais comuns.

Resistor elétrico dos reservatórios

A grande maioria dos reservatórios térmicos possuem um resistor elétrico que é acionado em dias de pouca captação solar. É importante ler com atenção, no manual do fabricante, as informações de instalação e utilização deste tipo de sistema.

Powered by Rock Convert

Aquecedor a gás

Pode-se instalar um aquecedor a gás que será acionado por um controlador digital nos dias de pouca captação solar. Neste caso, é interessante que o reservatório térmico possua os tubos extras necessários para a instalação deste equipamento.

Chuveiro elétrico

Em alguns casos, como no projeto de habitações sociais, Minha Casa Minha Vida, o sistema auxiliar é um chuveiro elétrico. Ou seja, nos dias de pouca captação de energia solar, o usuário deverá ligar o chuveiro elétrico para aquecer a água do banho.

Descubra os benefícios do aquecedor solar

Abaixo, confira alguns dos principais benefícios que o aquecedor solar traz para a residência e o bem-estar da família!

Economia de energia elétrica

Certamente, uma das características mais lembradas sobre o aquecedor solar é a economia de energia elétrica que ele proporciona. Afinal, entre outros motivos, esse sistema alternativo elimina a necessidade de contar com um chuveiro elétrico, que é conhecido como o principal vilão da fatura no fim do mês.

Conforto doméstico

Além de uma boa aliviada no bolso, o sistema de aquecimento solar é uma excelente solução para o conforto familiar. Para começar, como o chuveiro não é mais necessário, você pode adquirir uma ducha, que solta a água com mais pressão e representa banhos muito confortáveis.

Na pia da cozinha, a água aquecida é bem-vinda nos dias frios, mas não só isso: a temperatura ajuda a realizar a limpeza das louças com mais eficiência, já que é uma aliada para retirar gordura dos utensílios, por exemplo. Na lavanderia, é a mesma coisa — a água quente melhora o processo de lavagem das roupas e ajuda a conservar peças brancas.

Por fim, na pia do banheiro, o conforto térmico, certamente, agradará a família na hora de lavar o rosto de manhã, especialmente nos períodos mais frios do ano.

Valorização do imóvel

Cada vez mais, as pessoas estão dando importância para a responsabilidade socioambiental. Nesse sentido, o aquecimento solar se destaca como uma excelente alternativa e com tendências muito positivas, como veremos mais à frente. Junto a isso, temos os custos da energia elétrica no Brasil, que acabam sendo onerosos devido aos impostos incluídos na fatura.

Eles se referem, principalmente, à circulação e à distribuição da rede elétrica, o que não se aplica nos sistemas de aquecimento solar, já que a energia térmica é gerada na própria residência. Podemos afirmar com certa segurança, portanto, que os aquecedores solares serão cada vez mais valorizados, principalmente no Brasil, um país bastante ensolarado. Tendo isso em mente, residências com esse sistema de aquecimento passam por uma valorização em seu preço de venda.

Sustentabilidade

Por fim, temos o benefício relacionado à sustentabilidade. Afinal, o aquecedor solar é uma energia renovável e limpa. Isso quer dizer que a sua fonte não se esgota e que a captação e a geração não trazem impactos ao meio ambiente. No caso da energia elétrica, por mais que ela seja considerada renovável, devido ao ciclo natural de renovação das águas — pois a maior parte da eletricidade gerada no Brasil vem de hidrelétricas —, ela não é limpa. Tanto na construção de usinas, como no próprio processo de geração e distribuição energética, existem muitos impactos socioambientais.

Saiba quanto custa um aquecedor solar

Chegamos ao ponto-chave deste texto: quanto custa um aquecedor solar? Bem, o preço varia de acordo com o tamanho do imóvel, com o número de usuários e, também, se o imóvel está em construção ou se já está pronto. Para uso residencial, o preço normalmente fica entre R$ 2.000,00 a R$ 6.000,00 — considerando sistemas de baixa pressão e modelos mais utilizados em residências.

Mas não se assuste! Apesar do investimento inicial um pouco mais elevado, o custo-benefício é a principal vantagem, e logo compensa o preço do aquecedor. Além disso, existem incentivos governamentais para a aquisição do sistema, incluindo condições facilitadas de parcelamento. Sem contar o que diz respeito à durabilidade! Para que você tenha uma ideia, o sistema tem vida útil de, aproximadamente, 20 anos, mas o investimento pode ser recuperado em um prazo médio de três anos.

Isso significa que você poderá resgatar todo o dinheiro aplicado e, ainda, continuar economizando energia por vários anos. E não estamos falando de pouca coisa! A economia no final do mês pode chegar a 40%! Assim, o aquecedor solar acaba sendo a solução mais barata e que mais vai de acordo com a sustentabilidade na construção civil.

Sabia que o aquecedor solar rende mais que a poupança?

Conforme descrevem os dados da tabela abaixo, a instalação de um aquecedor solar é 281% mais rentável que a poupança.

Cenário

Valor poupado

Montante final após 20 anos

Rendimento final

Morador não instalou o aquecedor solar e depositou R$ 4.000,00 (custo da instalação) em uma poupança.

Apenas o depósito inicial, sem aportes mensais.

R$ 16.806,77

R$ 16.806,77

Morador investiu R$ 4.000,00 na instalação de um aquecedor solar, o que gerou uma economia mensal de R$ 120,00 na conta de energia elétrica.

Aportes mensais de R$ 120,00 referente a economia gerada na conta de energia elétrica.

R$ 64.047,85

R$ 47.241,08 (subtraído o investimento para aquisição do aquecedor solar corrigido para 20 anos.)

* Considerado rendimento da poupança de 0,6% ao mês.
* Simulações realizadas no site: Simulador de Poupança.

Conheça o potencial da energia solar

Lembra que comentamos que um dos benefícios dos aquecedores solares é que eles valorizam a residência? Pois bem, isso ocorre porque a energia solar tem um grande potencial e apresenta tendências de crescimento no mundo todo. No Brasil, por exemplo, já existem programas de financiamento solar para pessoas físicas e jurídicas, justamente para incentivar essa alternativa que é muito mais vantajosa do que nossa principal matriz energética atua.

E mais: de acordo com o Relatório da Situação Global das Renováveis 2019, produzido pela BloombergNEF em parceria com a ONU, o maior foco de investimento em alternativas energéticas é justamente a solar. Em 2018, essa matriz teve um total de 139,7 bilhões de dólares investidos, representando mais da metade de todos os esforços em energia limpa.

Aprenda como escolher seu aquecedor solar

O projeto e a instalação do sistema de aquecimento solar devem ser feitos por uma equipe especializada e capacitada. Os clientes devem sempre procurar uma empresa que ofereça produtos de qualidade, que tenha funcionários treinados e que se preocupe com a satisfação do cliente. Veja o que o comprador deve levar em consideração.

Tenha um planejamento financeiro

Especialmente se a construção do imóvel começou do zero, é normal que, ao final do período de obras, o orçamento esteja apertado. Por isso, quem busca investir em um sistema de aquecimento solar deve se planejar para isso e já deixar o valor do investimento reservado.

Faça uma boa pesquisa de mercado

É importante conhecer os fornecedores, os modelos, como funciona a manutenção e a instalação, quais são as melhores marcas etc. Todas essas preocupações devem ser levadas em consideração no momento da compra de um aquecedor solar e devem estar sempre presentes nas pesquisas iniciais.

Conte com bons profissionais

O comprador de um aquecedor solar quer — e deve! — contar com o auxílio de profissionais qualificados, não somente para dar orientações e indicações, mas principalmente para que a instalação seja feita corretamente. Busque também por equipamentos de qualidade, a fim de aumentar ainda mais a vida útil do seu sistema de aquecimento.

Enfim, a compra de um aquecedor solar deve ser feita com cautela, até porque esse é um sistema relativamente novo e que ainda não é muito conhecido pelo público em geral. Dessa forma, ser bem orientado e ter todas as dúvidas prontamente solucionadas é decisivo para o comprador.

Sabendo de tudo isso, a pergunta “quanto custa um aquecedor solar?” já não parece tão importante, não é? Afinal, no longo prazo, esse tipo de sistema promove uma economia de energia que logo compensa o investimento. Isso tudo, sem contar nos outros benefícios, como o conforto térmico e a preservação ambiental.

Por isso, o que está esperando para adquirir o seu? É fácil: entre em contato com a Kisoltec, tire todas as suas dúvidas e faça já o orçamento do seu novo aquecedor solar!

Powered by Rock Convert

20 thoughts to “Quanto custa um aquecedor solar? Descubra aqui!”

  1. Gostaria de ter mais informações técnicas e orçamento
    Para casa residencial (banheiros – chuveiro e pias) em fazenda em Jarinu – SP 2 quartos (max 4 pessoas) geralmente 2 pessoas.
    Porque comprar vosso produto e não do concorrente?

    1. Boa tarde, Walde!

      Para oferecer as melhores opções e preços, entraremos em contato com você para entender todos os detalhes sobre o seu projeto e suas necessidades. Em breve nosso setor comercial lhe enviará um e-mail para iniciar o atendimento.

      Obrigada!

    1. Olá, José Antonio, tudo bem?
      Já localizamos o seu cadastro aqui na empresa e em breve entraremos em contato, ok?
      Até logo!
      Aline Vick

  2. José Antônio, boa tarde!
    Gostaria , por gentileza , orçamento aquecedor solar a vacuo de 800l .Seriam 03 de 800l.
    Att.
    Walde.

  3. Bom dia gostaria de saber como fazer orçamento de um aquecedor solar para apartamento., No início do para uma família de 3pessoas.

  4. Fornecedores de Aquecimento de Água Solar e de Geração de Energia Elétrica estão me recomendando instalar na minha casa os dois sistemas solares. Minha pergunta é simples. Porque não compro só o sistema foto voltaico e aqueço a água por resistência elétrica em um Boiler Elétrico.
    Sistema de aquecimento Elétrico solar : 8.000,00 reais instalado
    Sistema fotovoltaico para casa toda: 28.000,00 reais instalado
    Total 36.000,00,
    Compro um ou compro os dois?

    1. Olá, Antonio.

      Para fazer esta constatação, de que realmente vale a pena colocar os dois sistemas, você precisa fazer o cálculo do quanto de energia elétrica este boiler elétrico vai consumir em um mês, e depois calcular quantas placas fotovoltaicas são necessárias para alimentar este boiler elétrico. Aí é só comparar o preço do boiler elétrico e das placas fotovoltáicas com o preço do aquecedor solar.
      De qualquer forma, você irá comprar um boiler, seja elétrico ou solar, porém, os coletores solares do aquecedor solar custam muito menos do que as placas fotovoltaicas, por isso, a economia é maior se os dois sistemas forem usados.

    1. Olá, Eli! Para indicar o tamanho e modelo ideal de aquecedor solar, precisamos de mais informações sobre o local de instalação e sobre os hábitos de consumo na residência. Estamos enviando um e-mail para dar continuidade ao seu atendimento, ok? Até logo!

  5. As informacoes sobre o assunto, foram precisas e muito valiosas. Entretanto, minha residência é em Palhoça, bairro Pedra Branca, SC . Vocês tem representantes na Grande Florianópolis para poder me orientar no projeto de instalação de aquecimento solar para piscina?

    1. Que bom que as informações foram úteis para você, Ailton!!! Temos sim, representantes nesta região. Vou encaminhar os dados para o seu e-mail. Obrigado!

  6. Qual o custo de um sistema de aquecimento de água de 200 litros em local que não dispõe de energia elétrica.
    Casa térrea, dois banheiro contíguos. Sistema de baixa pressão. Pé direito com 4 m.
    Local de difícil acesso, portanto o sistema tem que ter qualidade pois a manutenção sera precária.

    1. Olá, Paulo!
      Vamos entrar em contato com você por e-mail para sabermos mais detalhes e assim indicar o modelo ideal de aquecedor solar. Sobre a falta de energia elétrica no local, não há problemas, o aquecedor solar não precisa dela para funcionar, mas dependendo da sua região e das suas necessidades, podemos discutir alguma alternativa para as sequências de dias nublados ou chuvosos, como por exemplo, apoio a gás ou apoio de serpentina para fogão a lenha.
      Sobre a qualidade, é importante que seja indicado o tipo de aço inox ideal para o tipo de água que irá abastecer o aquecedor, se for água de poço artesiano, por exemplo, é indicado o uso do aço inox 316 L para garantir maior vida útil ao reservatório, além disso, uma chapa de inox mais espessa também melhora a durabilidade. A manutenção mais frequente recomendada é a limpeza dos coletores solares, que deve ser feita a cada 6 meses, onde o maior benefício é manter a eficiência do sistema, retirando as sujeiras que podem impedir que o sol atravesse o vidro do coletor. Caso seja utilizado bastão de anodo no reservatório, a manutenção também será necessária neste intervalo de tempo.
      Mas vamos conversar melhor, assim poderemos ver todas as particularidades e indicar a melhor estratégia.
      Obrigado e até logo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *