Retorno do investimento em energia solar: como calcular?

Powered by Rock Convert

Os sistemas de energia solar são uma grande tendência no Brasil, tanto para o aquecimento de água como para a geração de energia elétrica (módulos fotovoltaicos). Não sem motivo: trata-se de uma alternativa sustentável, muito prática e econômica.

No entanto, o investimento inicial, maior do que em sistemas elétricos ou a gás, por exemplo, pode pesar negativamente na decisão, mesmo com inúmeras facilidades para o financiamento de energia solar de pessoas físicas e jurídicas.

Contudo, e se dissermos que o tempo para o retorno do investimento em energia solar (payback) é rápido e, o melhor, extremamente rentável? Entenda!

Afinal, quais são as vantagens da energia solar?

Antes de qualquer coisa, vale a pena reforçar as grandes vantagens da energia solar. Para começar, sistemas de aquecimento de água que utilizam a luz do sol permitem que a família dispense o chuveiro elétrico — um dos maiores vilões da fatura de energia.

Agora, se estamos falando de um sistema fotovoltaico, a economia é maior ainda. A energia gerada com a luz do sol sofre menos perdas do que na distribuição de energia elétrica, o que faz com que haja maior eficiência energética. Ainda, o consumidor pode aproveitar o excedente produzido e vender para concessionárias, na chamada geração distribuída.

Sem contar que a energia solar traz muito conforto doméstico, seja pela água quente em todas as torneiras, seja pela possibilidade de instalar uma ducha e aproveitar banhos com mais pressão. No longo prazo, sistemas de energia solar podem, ainda, valorizar o imóvel. Tudo isso sem falar nos benefícios para o meio ambiente, já que essa é uma fonte de energia completamente limpa.

Como calcular o retorno do investimento em energia solar?

Para calcular o tempo de retorno do investimento em um sistema de energia solar fotovoltaico, você precisa considerar as seguintes variáveis:

  • tarifa energética — o valor cobrado por kWh de energia;
  • inflação energética — a variação nas cobranças, representada, por exemplo, pelas bandeiras tarifárias;
  • valor do investimento — custo total com a instalação do sistema de energia solar;
  • variáveis técnicas — como a potência do seu sistema, o índice de insolação na sua região etc.

Quanto ao cálculo, você tem duas opções:

  1. dividir o valor do investimento pelo produto da energia gerada, no caso dos sistemas fotovoltaicos;
  2. ou dividir o valor do investimento pela economia na fatura de energia elétrica, no caso dos aquecedores solares de água.

Sistema fotovoltaico

Se você tem módulos fotovoltaicos em casa, pode calcular o valor da energia gerada ao longo do ano. Por exemplo, suponha que o seu sistema gere 500kWh por mês e a tarifa energética é de R$0,85/kWh. Logo, você vai gerar o equivalente a R$5.100 anualmente (500 x 0,85 x 12 meses).

Se a instalação do seu sistema foi R$22 mil, por exemplo, o tempo de retorno do investimento é de pouco mais de 4 anos (22.000/5.100).

Aquecedores solares

No caso dos aquecedores solares, o grande trunfo é o custo a menos na fatura por não usar mais o chuveiro elétrico. Então, você pode calcular o payback a partir da economia gerada pelo investimento. Por exemplo, se após a instalação do aquecedor, você começou a pagar R$70 a menos todos os meses, tem uma economia anual de R$840.

Se o custo do aquecedor ficou em R$4 mil, logo, você vai recuperar todo o investimento em menos de 5 anos (4.000/840). Vale lembrar que a durabilidade dos aquecedores gira em torno de 20 anos. Ou seja, do 5º ano para frente, você terá não só economia, mas também lucro!

Deu para entender como é calculado o tempo de retorno do investimento com energia solar? Como você viu, tanto os sistemas fotovoltaicos quanto os aquecedores solares de água se pagam sozinhos em poucos anos, mas duram por décadas. Então, mesmo que o investimento inicial seja um pouco mais alto, vale muito a pena!

Se você gostou do post, curta a nossa página no Facebook e acompanhe outros conteúdos sobre energia solar!

Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *