Como melhorar o desempenho do aquecedor solar?

Ter bons equipamentos ajuda muito na garantia do bom desempenho do aquecedor solar, permitindo que ele aproveite o máximo da luz solar, seja para aquecer a água do seu chuveiro ou da sua piscina, garantindo conforto, economia e sustabilidade.

Contudo, além de optar por um equipamento adequado, sempre com a certificação do INMETRO que avalia a eficiência energética do produto, é importante observar alguns aspectos que podem tornar o desempenho do seu aquecedor melhor. Interessado? Então prossiga com a leitura.

Posicione as placas de forma adequada

Antes de qualquer outra coisa, é essencial que as placas estejam posicionadas de uma forma que permita que elas recebam incidência da luz solar durante o maior tempo possível.

Quase sempre, os telhados são os locais mais indicados para a instalação das placas. Contudo, isso pode variar dependendo da sua localidade, já que prédios vizinhos ou outros obstáculos podem fazer sombra sobre sua casa, prejudicando a incidência de luz solar ao longo do dia.

Não se esqueça de considerar que o ângulo dos raios solares muda bastante, dependendo do local do país onde você mora, o que pode reduzir a exposição do seu telhado ao sol em alguns períodos do dia ou épocas do ano. Além disso, no hemisfério sul, as placas devem estar voltadas para o norte (e vice-versa).

Dessa forma, considere a necessidade de construir uma estrutura metálica ou de alvenaria para receber as placas em um local que não sofra com o problema da falta de luz solar, seja para a instalação de aquecedores solares para piscinas ou para residências.

Powered by Rock Convert

Faça um bom dimensionamento solar

Em muitos casos, o equipamento até apresenta um desempenho condizente com sua capacidade, mas ainda deixa a desejar diante do nível de consumo daquela instalação. Para que isso não aconteça e prejudique a experiência do consumidor, é indispensável que seja feito um dimensionamento de aquecimento solar.

Isso envolve o cálculo de qual a necessidade de suprimento de água quente daquela instalação, bem como qual o potencial de captação de luz solar da região. A partir disso, torna-se possível definir qual o tamanho das placas e do reservatório térmico a ser instalado, de modo que ele possa ser capaz de suportar a demanda de forma satisfatória.

A melhor maneira de não errar no dimensionamento do aquecimento solar é contando com o apoio de um técnico, que fará uma avaliação e os cálculos para que a instalação seja condizente com a quantia de água quente necessária.

Não se esqueça da importância da manutenção

Por isso, lembre-se sempre de que a preocupação com o desempenho do aquecedor solar deve ser acompanhada de ações periódicas de manutenção do equipamento. Tal cuidado não só garante sua máxima performance, como também prolonga sua longevidade. Normalmente, a recomendação é de que a manutenção seja feita a cada 6 meses. No entanto, esse período pode ser menor, caso seja identificada essa necessidade.

A manutenção deve envolver principalmente a limpeza das placas, já que a sujeira prejudica a captação de luz solar. Verificar a integridade dos demais componentes do sistema também é de grande importância.

Como você viu, combinando alguns cuidados bens simples, é possível extrair o melhor desempenho do aquecedor solar, fazendo que ela cumpra seu papel sempre de forma eficiente.

Agora que a leitura terminou, aproveite e siga-nos nas redes sociais. Estamos esperando sua curtida no Facebook.

Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *