Energia solar na América do Sul: conheça as aplicações e tendências

Powered by Rock Convert

A necessidade de uso de fontes mais limpas para geração de energia tem impulsionado novas tecnologias. Entre elas, a energia solar para aquecimento ou geração fotovoltaica se destaca em todo o mundo e, não poderia ser diferente, no continente sul-americano. O uso de energia solar na América do Sul está em expansão.

O crescimento da tecnologia é decorrente tanto de políticas de incentivo, adotadas por diferentes governos, quanto de questões econômicas, que levam as empresas e a população a buscarem alternativas às elevadas tarifas de energia elétrica.

A crise energética mundial e a busca pela sustentabilidade motivam, cada vez mais, o aproveitamento de novas formas de geração. A energia solar na América do Sul vem sendo utilizada de diversas maneiras, com vários casos emblemáticos de sucesso.

Quer conhecer mais sobre as tendências e aplicações de energia solar na América do Sul? Acompanhe nosso artigo e fique por dentro de todas as inovações.

Confira a experiência brasileira na geração de energia solar

Com a experiência na produção de biocombustíveis, como o etanol e biodiesel, aliada aos novos desenvolvimentos para produção de biogás, além dos projetos voltados à geração de energia eólica e solar, o Brasil já se tornou referência no setor de energias renováveis.

Na área de energia solar, o potencial nacional é muito valorizado, em função do alto índice de insolação. Em 2018, o setor teve um crescimento recorde e as perspectivas para 2019 são promissoras. Conforme estimativas da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), a expectativa é que esse mercado movimente US$ 100 bilhões até 2040.

Embora, atualmente, o setor ainda responda por apenas 1% do total de energia gerada no país, a Empresa de Pesquisa Energética (EPE) estima que, até 2026, haverá um crescimento de cerca de 50 mil megawhats (MW) na capacidade de geração. Desse montante, metade virá de fontes eólicas ou solares.

A tecnologia de aquecimento solar, embora não gere energia elétrica, também contribui para a expansão da tecnologia, uma vez que sua utilização reduz o consumo de forma autossustentável.

Conheça algumas iniciativas que promovem o uso de energia solar na América do Sul

O mercado de energia solar na América Latina e no Brasil está em evolução, com o aprimoramento legal e criação de regulamentações que possibilitam seu crescimento sustentável. Brasil e Chile estão na vanguarda em relação às inovações do mercado.

Confira dois dos principais cases de energia solar na América do Sul:

O metrô de Santiago

A capital (e maior cidade) do Chile é a pioneira no uso de energia solar na América do Sul. Com um investimento de US$ 240 milhões, a cidade construiu um parque fotovoltaico na região portuária de Coquimbo, o qual alimenta 60% da malha metroviária.

O projeto, batizado de The Pelican, prevê o fornecimento de 300 gigawhats (GWh) de energia solar por ano, por meio de 254 mil painéis solares.

O maior parque de energia solar da América do Sul

Com um investimento de US$ 300 milhões, o Parque Solar Nova Olinda, em Ribeira do Piauí (PI), é a maior usina solar em operação na América do Sul. Com capacidade de geração de 292 MW, a energia gerada pelo parque tem capacidade para abastecer 300 mil residências.

Além do parque no Piauí, Nova Olinda conta com instalações na Bahia, com 930 mil painéis solares espalhados em uma área de 690 hectares. Mas esse não é o único projeto nacional, já que existem outras iniciativas em diversas regiões brasileiras.

Apesar do grande potencial, o Brasil ainda não figura entre os países líderes em energia solar. No entanto, existe um grande avanço tecnológico no país, e a perspectiva é de ampliação do uso de fontes renováveis de energia, seja em função dos compromissos ambientais, seja por questões econômicas.

O uso de energia solar nos países sul-americanos também deverá crescer de forma significativa, impulsionado por novas tecnologias e, especialmente, pela maior demanda de energia do setor agropecuário.

O mercado de energia solar na América do Sul é promissor e representa uma grande oportunidade, tanto para empresas que prestam serviços no setor quanto para consumidores que desejam maior economia e sustentabilidade.

Fique por dentro das principais linhas de financiamento e invista com segurança nesse setor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *