6 dicas para ter uma rotina com mais sustentabilidade

É cada vez mais comum ver as pessoas se preocupando com a sustentabilidade e adotando medidas que sejam boas para o meio-ambiente, não é? Mas mesmo com tanta boa vontade e desejo em ajudar, muitas delas também não sabem o que fazer e que medidas podem tomar para ter uma rotina mais sustentável. Se você se encaixa nesse grupo, hoje vamos compartilhar 6 dicas sobre como incorporar isso ao seu dia a dia.

Economize água

O problema de água é real e boa parte do mundo lida com dificuldades de abastecimento desse bem tão precioso. Se quiser ser realmente consciente, comece a poupar água e a desfrutar dela de uma maneira inteligente. Por exemplo, nada de tomar um banho demorado demais enquanto pensa na vida ou mentaliza como resolver seus problemas, ou ainda de deixar a torneira aberta enquanto escova os dentes.

A consciência é a primeira grande mudança e o maior fruto que você pode oferecer. Além disso, você pode começar a checar possíveis vazamentos e mudanças na sua casa. Para uma noção maior, uma torneira pingando uma gota por segundo pode desperdiçar mais ou menos 46 litros de água em um dia. Parece bobeira, mas é bem significativo, não é?

Separe o lixo

Muitas pessoas alegam que suas cidades não têm coleta seletiva e, por isso, não separam o lixo. Mas, na verdade, essa medida pode ser muito boa inclusive para outras pessoas, como catadores – porém, se a sua cidade tiver coleta, melhor ainda!

Evite misturar o lixo orgânico ao “seco” – vidros, plásticos, latas de alumínio, papeis, etc. Assim a reciclagem acontece com mais facilidade e os catadores, que sobrevivem do lixo, conseguem desempenhar seu trabalho com mais facilidade.

Powered by Rock Convert

Explore outros meios de locomoção

O Brasil tem uma cultura muito forte do uso do carro e ele realmente pode facilitar a vida e o deslocamento. Mas você já imaginou alguma outra maneira de se locomover? Você pode pegar carona para o trabalho, ir de bicicleta até aquela padaria próxima da sua casa ou até dar aquela caminhadinha benéfica para a saúde. Essa são ótimas maneiras de se exercitar e ainda reduzir a emissão de CO2.

Use a iluminação a seu favor

Já pensou que você pode economizar no tipo de iluminação que usa? É verdade! Uma boa medida é começar a optar pelas versões ecológicas, como as lâmpadas fluorescentes, que consomem 75% menos de energia ou as de LED, que, por sua vez, podem economizar até 95% de energia.

Outra medida que você pode tomar é investir na energia solar e, dessa maneira, explorar menos a elétrica. Assim você faz bem para a natureza e para o seu bolso. Se você está construindo, outra dica é explorar bastante o vidro e deixar a iluminação natural do sol entrar na sua casa, assim você não precisa acender tanto as luzes.

Evite usar muitos produtos com embalagens descartáveis

Você já parou para pensar que muitos produtos são comercializados em embalagens que não fazem nenhum sentido? Esse assunto causou muita polêmica recentemente, quando supermercados começaram a vender algumas frutas descascadas em embalagens de plástico. Ser consciente é perceber que isso não faz sentido nenhum e que é melhor usar o produto naturalmente, sem as embalagens.

Dê preferência a produtos da sua região

Quando você compra um alimento que veio de um estado muito distante, está estimulando um grande gasto de combustível e de deslocamento. É claro que isso não significa que você deve viver apenas com o que existe na sua cidade ou que é errado comprar o que é importado, nada disso! Mas, se o mesmo produto for produzido na sua região, por que não dar preferência a ele e estimular o negócio local?

Agora você tem algumas dicas em mãos e já sabe como viver de maneira mais consciente e sustentável. Como você pode perceber, os meios de viver ligado a sustentabilidade estão mais próximos e acessíveis que imaginamos. Se você ficou com alguma dúvida ou gostaria de compartilhar alguma opinião, não deixe de comentar no espaço abaixo. Nos encontramos em breve! 

Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *