Aquecimento solar para casas prontas e em construção: quais as diferenças?

O uso de energia solar, para geração elétrica ou térmica, não é mais novidade no Brasil. Muitos imóveis contam com sistemas que transformam a insolação em fonte de eletricidade ou calor, contribuindo para a redução de despesas e aumento da sustentabilidade. Você sabia que também é possível instalar aquecimento solar para casas já construídas?

Muitas pessoas acreditam, de forma equivocada, que a instalação de sistemas para  geração de energia térmica depende de obras complexas e caras, o que não é verdade. É possível ter um aquecedor solar na edificação já construída, sem necessidade de alterações estruturais.

Mas será que é mais simples construir essa estrutura em um imóvel novo? Confira os detalhes em nosso post!

Entenda a diferença entre energia solar fotovoltaica e térmica

O sol gera duas formas de energia. Uma delas, também conhecida como geração fotovoltaica,  é integrada à rede elétrica do imóvel e fornece eletricidade.

Neste post, no entanto, abordaremos a energia térmica, utilizada para aquecimento de água. Em imóveis residenciais, normalmente, essa tecnologia é ligada diretamente à rede hidráulica e aquece a água que abastece torneiras, chuveiros e banheiras.

Descubra as diferenças entre instalar aquecimento solar para casas prontas e em construção

Essa é uma grande dúvida de quem tem interesse em investir em um sistema de aquecimento residencial. Afinal, vale a pena fazer a instalação em um imóvel já pronto?

Claro que sim! Além de o sistema contribuir para a redução da conta de eletricidade, existem outras vantagens, como a sustentabilidade, maior independência do fornecimento da distribuidora — especialmente em situações em que ocorrem interrupções — e valorização do imóvel.

Porém, o receio do consumidor é arcar com uma obra cara e demorada. Por isso, neste artigo, esclarecemos que isso não passa de um mito. Certamente, o sistema de aquecimento pode ser instalado durante a construção da edificação, mas não há transtornos em incluí-lo após a conclusão da obra.

Powered by Rock Convert

Vale esclarecer que não existe necessidade de quebrar paredes, azulejos ou outras estruturas físicas. O sistema é instalado na área externa do imóvel e é utilizado internamente por meio de um misturador

Assim, em um chuveiro, por exemplo, serão necessários dois registros, sendo um ligado à rede hidráulica convencional, que vem da caixa d’água fria, e o outro abastecido pelo boiler (ou reservatório térmico) do sistema de aquecimento solar. O misturador faz com que a água fique na temperatura adequada à necessidade do consumidor.

Saiba mais sobre o aquecedor solar residencial

Existem diferentes aquecedores para uso residencial. A escolha depende de algumas variáveis, como a região de instalação, a finalidade e o hábito de consumo. Confira os modelos de aquecedor solar residencial:

  • o aquecedor plano é o modelo tradicional, mais utilizado no Brasil, principalmente para o uso de água quente em chuveiros e torneiras;
  • o modelo a vácuo, ou módulo, é composto por vários tubos a vácuo, com ótimo isolamento térmico, muito utilizado em regiões frias ou para fins industriais, onde a água precisa atingir altas temperaturas;
  • o aquecedor a vácuo acoplado pode ser adaptado a várias estruturas de telhado e os tubos são instalados diretamente no reservatório de água. Este modelo é mais utilizado em casas com pouco espaço para instalação.

Confira o investimento para um aquecedor solar residencial

O retorno do investimento dependerá do percentual de uso de energia elétrica utilizado para o aquecimento do(s) chuveiro(s), quanto maior este percentual, maior será a diferença na conta de luz após a instalação do sistema. Além do retorno financeiro, o aumento do conforto na residência é muito significativo. 

O preço do aquecedor solar depende de vários fatores, como o modelo e o volume do reservatório térmico, o modelo e o tamanho dos coletores solares, o material utilizado na fabricação e o fornecedor.

Ao dimensionar um projeto, é fundamental verificar a quantidade de moradores, banhos diários e o número de pontos de consumo abastecidos. Por exemplo, uma residência que tem uma banheira tem maior demanda do que outra na qual o aquecimento seja necessário apenas para chuveiros. 

De modo geral, o investimento para instalação de um sistema de aquecimento solar para casas fica entre R$ 2 mil e R$ 6 mil. Mas, normalmente, esse valor se paga em um breve período, com a economia na conta de eletricidade. Além disso, a manutenção do aquecedor solar residencial é simples e barata.

Gostou das informações, mas ainda tem dúvidas sobre qual o melhor sistema de aquecimento? Então continue em nossa página e saiba mais sobre as diferenças entre aquecedores solares e a gás.

Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *