Aquecedor solar: fique por dentro dos problemas e suas soluções

Contar com aquecedor solar é muito vantajoso: ele oferece água quente em diversos pontos da sua casa, comércio ou indústria sem precisar se preocupar com a conta de energia e sem gerar nenhum impacto ambiental.

Contudo, como qualquer equipamento, eles podem apresentar problemas que comprometem a sua eficiência. Logo, é importante conhecer como funciona um aquecedor solar e problemas e soluções comuns a eles. Interessado? Então, vamos lá.

Como funciona um aquecedor solar?

Como o próprio nome explica, um aquecedor solar funciona convertendo a radiação solar em calor, que é utilizado para elevar a temperatura da água que abastece chuveiros, torneiras ou mesmo processos industriais.

Um aquecedor solar é composto por placas coletoras, que ficam estrategicamente posicionadas para receber a maior quantia de luz vinda do Sol possível. A água passa por tubos de cobre ou aço inox e é aquecida. Depois, ela é encaminhada para um reservatório térmico, também chamado de boiler, que geralmente é composto de aço inox.

Para garantir que a demanda de água quente seja suprida, um aquecedor solar deve ser instalado com base em um dimensionamento correto, que se baseia no número de pessoas e a quantidade de pontos de água que serão abastecidos.

O tamanho dessa demanda impactará no investimento necessário para contar com o conforto de um aquecedor solar. De todo modo, mesmo que seja necessário pagar o equipamento e a instalação, a economia oferecida faz com que o custo-benefício seja ótimo, fazendo com que o dinheiro investido seja recuperado após certo prazo.

Quais os principais problemas e como resolvê-los?

A manutenção de um aquecedor solar é simples e necessária para que ele mantenha seu funcionamento em dia. Ela deve ser feita de forma periódica. Ainda assim, ela não evita 100% dos problemas que podem atingir o equipamento. Então, veja quais são os contratempos mais comuns e o que é feito para resolvê-los.

Não esquentar

A solução para aquecedores solares que não aquecem de forma adequada costuma envolver a limpeza correta das placas coletoras. Como elas ficam expostas ao ar livre, é normal que com o tempo elas fiquem embaçadas e tenham seu desempenho prejudicado.

O ideal é que a limpeza seja feita, pelo menos, 2 vezes ao ano. Entretanto, isso pode mudar dependendo da localização da instalação. Quem mora em locais com um fluxo mais intenso de veículos (o que aumenta a poluição da atmosfera), provavelmente terá que fazer limpezas mais frequentes.

Problemas com o isolamento térmico

Com o tempo, o isolamento térmico do reservatório pode perder eficiência. Por isso, verifique a integridade do componente que faz o revestimento, pelo menos, a cada 6 meses. Isso evita a perda de eficiência do aquecedor e danos ao imóvel causados pelo vazamento.

Vazamentos

Os vazamentos podem ser causados por uma série de problemas, que vão desde o fim da vida útil de algum componente, da pressão inadequada da água ou mesmo da instalação incorreta do equipamento. Com isso, só uma investigação adequada será capaz de identificar a causa do problema.

Acessórios do aquecedor solar de alta pressão

Na instalação de aquecedores solares de alta pressão são utilizadas alguns acessórios que visam garantir a segurança e aumentar a durabilidade do sistema. Estes acessórios, como vasos de expansão, válvula de segurança, pressurizadores, etc, devem ser verificados de tempos em tempos. Eles devem estar em perfeito estado de funcionamento para evitar problemas maiores.

Além de entender o funcionamento de um aquecedor solar e os problemas e soluções mais comuns, vale ressaltar que muitos desses defeitos podem ser evitados escolhendo produtos de qualidade satisfatória. Portanto, pesquise bastante sobre a qualidade do seu fornecedor antes de fechar negócio.

Para conferir as melhores opções em aquecedores, acesse o site da Kisoltec agora mesmo e veja como podemos ajudá-lo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *