Arquitetura bioclimática: como funciona e quais são suas vantagens

Powered by Rock Convert

A arquitetura bioclimática consiste em planejar as edificações aproveitando de forma mais eficaz as características ambientais do entorno, como insolação, vegetação e ventilação.

Pensar nas instalações considerando esses fatores impacta diretamente na eficiência da construção depois de pronta. Os ganhos são diversos e essa forma de projetar está aliada às preocupações com o meio ambiente. 

Quer saber mais sobre as características, importância e vantagens da arquitetura bioclimática? Acompanhe o post de hoje!

Características da arquitetura bioclimática

Um projeto feito com base na arquitetura bioclimática une os anseios do usuário às condições climáticas do local e aos benefícios tecnológicos.

Construir dessa forma considera a associação de elementos naturais a tecnologias disponíveis. Aqui, o objetivo é que a obra gere o mínimo de impacto, seja durante sua construção, seja ao longo de sua vida útil.

Na fase de projeto, cabe ao responsável verificar os dados climáticos e de topografia do local a construir. Ele deve pensar na implantação e instalação de forma a aproveitar as características de ventilação, insolação, ruído e vegetação, por exemplo.

Como funciona a arquitetura bioclimática

Você já ouviu falar que os quartos devem ficar em uma face específica da casa? Isso porque aproveitar o sol durante um período do dia deixa o ambiente fresco e ventilado para o horário de maior uso. É recomendado que os quartos sejam expostos ao sol da manhã, pois, dessa forma, ficarão ventilados até o entardecer. 

Na arquitetura bioclimática, a ideia é causar o menor impacto possível no meio ambiente e usufruir das suas melhores características, aproveitando a insolação, a ventilação natural e outros elementos naturais, como a vegetação. Também devem ser levados em consideração pontos como o reaproveitamento de água e a economia da energia solar.

Algumas dicas para elaborar adequadamente um projeto de arquitetura bioclimática são:

  • verificação in loco das medições;
  • planejamento da implantação da edificação;
  • conferência de ruídos;
  • projeto de reaproveitamento de águas da chuva;
  • posicionamento da vegetação e integração com a edificação.

Vantagens da arquitetura bioclimática

Como vimos, essa forma de projetar está aliada às preocupações ambientais, portanto, é uma maneira de construir um mundo mais sustentável. Muitas são as vantagens de projetar considerando as características da arquitetura bioclimática, veja:

Sustentabilidade

Com a arquitetura bioclimática, é possível aproveitar os recursos disponíveis da melhor forma possível e reduzir os impactos com gastos energéticos e sistemas complementares de climatização.

Redução dos danos ambientais

Nesse tipo de arquitetura, a construção é pensada como parte integrante do meio ambiente em que está inserida, isso diminui os problemas gerados pela edificação e reduz possíveis manutenções posteriores.

Redução do consumo de energia

Utilizando-se a ventilação adequada, a edificação fica confortável tanto no verão quanto no inverno, o que reduz a necessidade de climatizadores de ambiente, reduzindo também o consumo de energia. 

A arquitetura bioclimática tem como principal característica a ligação entre o homem e a natureza e trabalha associada à crescente preocupação com a sustentabilidade. Projetar e construir levando em conta os elementos bioclimáticos proporciona economia ao longo da vida útil da edificação.

Ademais, o uso de sistemas tecnológicos possibilita que os espaços construídos não sejam apenas simples proteção, mas proporcionem conforto e praticidade.

Gostou de saber mais sobre a arquitetura bioclimática? Que tal agora descobrir como atrair mais clientes para a sua loja de material de construções? Para isso, não perca este post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *