Tipos de interruptores: quais as diferenças entre cada modelo?

Chegou a hora de decidir sobre as instalações elétricas da sua obra. É importante saber quais são os produtos adequados, selecionar materiais de qualidade e realizar a instalação de forma correta. São muitos os tipos de interruptores disponíveis e cada um se adapta a uma necessidade específica. Quer saber mais? Não deixe de conferir as nossas dicas nesta publicação!

O que são interruptores?

Os interruptores são dispositivos para abrir e fechar os circuitos elétricos, fazendo a ligação dos pontos de luz. Lembre-se de que as instalações elétricas demandam muito cuidado, por isso, é importante adotar medidas que evitarão acidentes futuros.
Quanto aos interruptores, a instalação deve considerar que o condutor fase não será ligado ao ponto de luz, pois ao trocar lâmpadas ou manuseá-las, o operador poderá levar choques.

Quais são os principais tipos de interruptores utilizados?

Os tipos de interruptores variarão de acordo com a capacidade de carga da instalação e com as características do ambiente, como área e acesso ao interruptor. Vamos agora conhecer os mais utilizados:

  • simples: interruptor de uma tecla, aciona apenas uma lâmpada ou conjunto de lâmpadas. O condutor fase é ligado ao interruptor e os condutores neutro e retorno são ligados à lâmpada;
  • duplo: dispositivo com duas teclas, sendo cada tecla responsável pelo acionamento de uma lâmpada ou conjunto de lâmpadas específicas. Cada ponto de luz ou conjunto desses terá um retorno que será ligado à sua respectiva tecla de acionamento;
  • triplo: o interruptor triplo funciona de maneira análoga ao simples e ao duplo, apenas contando com uma tecla a mais, o que possibilita ligação de mais lâmpadas no circuito;
  • paralelo: o dispositivo paralelo é chamado também de three way, pois na ligação de condutores, conta com três pontos: o neutro, o retorno e o retorno paralelo. Difere dos demais, que apenas possuem neutro e retorno. O interruptor paralelo possibilita que as lâmpadas sejam ligadas em um ponto do cômodo e desligadas em um local distinto.

Além dos já citados tipos de interruptores, hoje o mercado disponibiliza várias opções, com dimer, por exemplo, que além de acionar as lâmpadas, regula a intensidade de luz no ambiente. Vale a pena verificar qual é o mais indicado para sua obra!

Como escolher o tipo mais indicado para o seu caso?

Cada um dos tipos de interruptores é mais adequado para um determinado local de aplicação, veja aqui os usos mais comuns:

  • simples: indicado para ambientes pequenos.Instalado ao lado da porta, facilita o acionamento das lâmpadas sem grandes deslocamentos;
  • duplo: utilizado em ambientes de tamanho intermediário. O interruptor duplo possibilita a instalação de mais pontos de iluminação;
  • triplo: é mais usado em grandes ambientes com setorização das lâmpadas ou conjuntos de pontos de iluminação;
  • paralelo: muito empregado em grandes ambientes, ou locais onde seja necessária a funcionalidade de acionar a iluminação em pontos distintos. Uma boa ideia é fazer essa instalação nos quartos, por exemplo, assim é possível ligar as luzes ao entrar no cômodo e desligar ao lado da cama.

Além da caracterização dos tamanhos de ambiente, outros fatores a considerar são as opções de acabamento. Na dúvida, siga o padrão das tomadas ou utilize os acabamentos em branco, que são mais comuns.
Respeite a amperagem, não exceda o limite de carga, escolha produtos de qualidade e com segurança certificada. Contrate um instalador experiente.

Gostou de saber mais sobre os tipos de interruptores e descobrir qual é o mais indicado para o seu caso? Confira aqui, um conteúdo exclusivo sobre equipe de instalação!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"