3 benefícios de gerar sua própria energia

Produzir sua própria energia pode trazer muitos benefícios, desde a redução de custos com a eletricidade até a valorização do seu imóvel. Com a energia produzida, é possível desde substituir o chuveiro elétrico até mesmo suprir toda a demanda de energia do local, não necessitando da distribuidora de energia ou até mesmo vendendo eletricidade de volta a essa distribuidora.

O tipo de geração energia a ser escolhido varia de acordo com as características do local. As formas de gerar energia em residências mais comumente usadas são as obtidas com o vento, o sol, a água e matéria orgânica (animal ou vegetal). Falaremos um pouco sobre cada uma delas:

As principais fontes de energia limpa

Energia eólica

É a energia produzida pelo vento por meio de aerogeradores ou turbinas eólicas. Quando a pá de um desses equipamentos gira, faz com que a energia cinética do vento seja transformada em energia elétrica. Porém, antes de adquirir essa tecnologia, deve-se analisar o regime de ventos da região — ele deve obedecer a uma regularidade que seja capaz de produzir energia.

Energia solar

É a energia alternativa mais utilizada em residências. Ela é proveniente da radiação solar, que é transformada em eletricidade por meio de módulos fotovoltaicos ou em energia térmica através de Aquecedores Solares. Os Aquecedores Solares já são utilizados no Brasil há mais de 40 anos e existem diversos fabricantes nacionais fornecendo este produto. Os módulos fotovoltáicos estão chegando no mercado brasileiro com muita força. 

Conheça a diferença entre o módulo fotovoltaico e o aquecedor solar

Energia hídrica

Em sua casa, você poderá construir uma mini-hidrelétrica que seja capaz de produzir a energia de que você necessita. Essas mini-hidrelétricas podem ser simples rodas d’água nas quais a água cai, fazendo com que elas girem e produzindo energia.

Biogás

O biogás é uma forma de produção de energia para produtores de suínos, bovinos e aves. Nela, os dejetos desses animais são armazenados em um biodigestor, local fechado onde ocorre a decomposição dessa matéria orgânica pela ação de bactérias. Esse processo gera o biogás, que pode ser queimado para abastecer geradores, fogões e aquecedores.

Os benefícios de gerar energia em casa

Os benefícios obtidos com a geração da própria energia fazem valer a pena o investimento inicial necessário para a implantação dos sistemas. Aqui, destacamos os 3 principais pontos positivos:

Redução de custos

Com as isenções de impostos (PIS, COFINS e ICMS) e a fácil obtenção de créditos, gerar a própria energia está cada vez mais fácil. A redução de custos é visível, visto o acréscimo das tarifas elétricas disponibilizada pelas concessionárias.

Inicialmente é necessário um maior investimento (dependendo da tecnologia escolhida) para a implantação deste sistema. Porém, os benefícios na conta de luz podem ser percebidos em curto prazo, fazendo com que esse retorno seja gratificante. No caso da energia solar gerada por painéis fotovoltaicos, por exemplo, quando a geração for maior que o consumo, ocorrendo a sobra da energia, é possível vendê-la para a concessionária ou recebê-la em forma de créditos, gerando lucro para o proprietário.

Valorização do imóvel

Novas pesquisas apontam que compradores de imóveis estão dispostos a pagar mais por casas com sistemas de geração de energia próprios, principalmente o de energia solar. Afinal, adquirir uma casa com essa característica gerará menor custo ao novo proprietário. Dessa forma, quando instalado em sua residência, o sistema vai acabar por favorecer a venda dela.

Reajustes tarifários

A energia disponibilizada pelas concessionárias sofre reajustes tarifários constantemente. Os últimos acontecimentos fizeram com que as tarifas subissem muito. Tais acontecimentos, relacionados principalmente à estiagem, fez com que as usinas térmicas fossem necessárias para o suprimento energético do Brasil, mostrando assim a vulnerabilidade do sistema atual. A energia produzida em sua residência, por sua vez, não sofre tais reajustes.

Além desses benefícios, destacam-se ainda a fácil instalação das tecnologias existentes e a baixa necessidade de manutenção dos equipamentos. Além disso, pesquisas vêm mostrando que pode ocorrer a diminuição das doenças respiratórias e a diminuição dos efeitos causadores das mudanças climáticas, com o uso dessas fontes de energia, visto que elas são limpas e sustentáveis.

Powered by Rock Convert