ROI na construção civil: por que as empresas precisam conhecê-lo

Ao realizar um empreendimento, é preciso avaliar o quanto se gasta e o quanto se ganha com ele. No momento de construir isso não é diferente. Existem meios para analisar a efetividade de um investimento e um deles, do qual vamos falar aqui, é o ROI na construção civil.

Para realizar melhorias toda empresa necessita de tempo, mão de obra e, claro, aplicação financeira. Em geral, esse último fator tem como objetivos a conquista de novos clientes e a otimização de processos.

Neste artigo vamos explicar o que é o ROI (Return On Investiment, em inglês, e que significa retorno sobre o investimento), como calculá-lo e qual é sua importância, uma vez que fornece dados concretos sobre determinada ação realizada. Confira!

O que é o ROI?

O retorno sobre o investimento cumpre exatamente o que o seu nome promete. Ele proporciona, por meio de cálculos concretos, o resultado financeiro de alguma atividade realizada em relação ao seu custo.

Com esses dados você pode fazer uma análise prévia de empreendimentos futuros, além de ter uma base melhor para decidir em que se deve investir e para definir o que não rende muitos frutos. Afinal, gastar excessivamente e ter pouco lucro é sinônimo de prejuízo.

Fazendo uso desse método você vai conseguir administrar melhor o seu orçamento e trabalhar para o crescimento da sua empresa.

Quais são as vantagens do ROI na construção civil?

Controle do fluxo de caixa

O fluxo de caixa compreende a entrada e a saída de recursos em um determinado período de tempo. Em uma obra esse controle é indispensável, pois mostra claramente o andamento da execução do projeto. Com essa informação você vai poder se certificar de que o dinheiro colocado na construção está sendo empregado da melhor maneira possível.

Reconhecimento da necessidade de financiamento

Para uma empresa crescer e realizar seu trabalho de maneira cada vez mais eficaz, muitas vezes é preciso fazer investimentos. O ROI ajuda a identificar o momento em que isso deve ser realizado, o valor ideal e como esperar o retorno. Dessa forma, você vai evitar contrair dívidas de forma impulsiva, o que pode gerar graves consequências.

Otimização da gestão de obra

Com os cálculos do ROI, sua gestão se torna mais prudente e segura. Você vai conseguir avaliar melhor o desempenho dos seus funcionários, os equipamentos que valem a pena ser adquiridos e também realizar aplicações para treinamentos e capacitação. Tudo isso significa economia para o seu empreendimento.

Como calcular o ROI?

O ROI, diferente de outras técnicas contábeis, pode ser facilmente calculado. Ele é dado pela fórmula ROI = (G – I) / I, em que:

ROI = Retorno sobre investimento.

G = Ganho com esse investimento.

I = Investimento inicial

Para realizar o cálculo em porcentagem, basta multiplicar o resultado por 100.

Por exemplo, se sua empresa realiza um investimento de 50 mil reais e tem como ganho 150 mil, você vai ter o seguinte resultado:

ROI = (150-50) / 50, que resulta em 2. Ou seja, houve um retorno de 2 vezes o valor investimento e, em porcentagem, de 200%.

Caso o ganho não seja um dado já pronto, é necessário mensurá-lo com a maior aproximação possível. Para exemplificar, se sua empresa adquire um equipamento, calcule seu ganho observando a diminuição de mão de obra e a velocidade de execução do projeto, converta esses dados para valores monetários e então avalie o ROI.

Uma obra é um bem com grande prazo de vida útil e por isso deve ser realizada com toda atenção. O ROI na construção civil deve ser utilizado, pois é uma ferramenta importante, e muito simples, que ajuda a obter uma visão rápida e objetiva do andamento da edificação.

Nosso artigo ajudou você a entender mais sobre ROI? Então compartilhe este post nas suas redes sociais para que seus amigos também fiquem por dentro do assunto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *